quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

No time for fast Photos

Fast Photo 21


Estrada entre Wittigen e Netgau, Alemanha, Norte junto á antiga fronteira das duas Alemanhas.
Fujifilm XE1
24mm

Tenho andado sem tempo para blogar, confesso que dentro das redes sociais ainda é o que mais gozo me dá,, escrevo o que quero e pronto, quem quiser ler lê, que não quiser , amigos como dantes …


Uma das razões, senão a principal é a quantidade de trabalho que tenho tido desde há alguns meses, não me deixam muito tempo, são trabalhos que me dão um gozo especial, mas que infelizmente não consigo sequer gerir como queria para partilhar a experiência de fotografar mil coisas diferentes.



Desesperante para mim, e estamos nas vésperas de uma viagem dessas, é não ter tempo para conhecer as pessoas e locais por onde passo, reconheço que para um fotógrafo de viagens como eu tenho sido, é mesmo desesperante….desesperante… no entanto apesar do equipamento pesado andar lá atrás no porta bagagens, tenho a minha querida FujiFilm XE1, uma camera que me desenrasca e com a qual adoro fotografar…
Hamburgo, visita relâmpago da cidade.
FujiFilm XE1
24 mm

Como não é hábito tive muito pouco tempo para fotografar fora do âmbito do meu trabalho, em primeiro porque o tempo era curto e depois porque tinha tanto para fotografar em tão pouco tempo que não sobrava luz para ver o que quer que fosse no caminho entre o Hotel e a fabrica que o meu cliente pediu-me para fotografar.

Pormenor da sala de jantar

FujiFilm XE1
24 mm


No primeiro dia depois de 1 dia inteiro em transito e chegada tardia ao Hotel, não tive mesmo tempo, no segundo, foi um stress , e nada… de fotografar apenas  fiz as  fotografias profissionais, que por acaso deram imagens muito interessantes que divulgarei a seu tempo.

O tempo também não ajudava e como não ando feito louco á procura de imagens para guardar , não me chateei muito .
Estrada entre Wittigen e Netgau, Alemanha, Norte junto á antiga fronteira das duas Alemanhas.
Fujifilm XE1
24mm

Já no terceiro dia, entre o Hotel e a fábrica acabei por ceder á beleza da estrada , que ainda não tinha visto com luz decente, ora a chover ora de noite,  parei e saquei meia dúzia de imagens, não muitas porque tinha horários a cumprir e a despesa da minha presença era grande demais para andar a fotografar paisagens.

Perto de Netgau, mesmo junto ao que foi a antiga fronteira entre as antigas Alemanhas separadas.

Esta imagem representa a diferença existente entre as mesmas, mesmo dentro das empresas que ficam na fronteira coexistem duas culturas, hábitos e ordenados diferentes


Como referi, passei pouco tempo de cabeça disponível para as paisagens, mas não resistimos eu e a Joana, responsável e cliente que me acompanhou, e tivemos de ir a Hamburgo no minimo beber uma cervejola alemã, chegámos á cidade com o entardecer e foi o percorrer de 2 ou 3 km's só para sentir a população e a cidade.


Hamburgo, visita relâmpago da cidade.
FujiFilm XE1
24 mm