quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Fast Photo 7


Foram vários anos a percorrer as ilhas dos Açores, apesar da evolução das vias rodoviárias nas ilhas, com consequências ao nível da paisagem, principalmente em São Miguel, facilmente nos deslocamos no tempo mais depressa do que nas novas estradas, basta um desvio ... e estamos como há anos atrás.

Esta imagem captada no acesso á Ferraria, zona termal na costa oeste de São Miguel, um típico leiteiro, Sr.João, ia para mugir as poucas vacas que ainda tinha num terreno perto.


Puxado pelo cavalo, foi uma figura característica e que me levou a sair do carro de reportagem  para a captar, pelo menos ficar com o registo de uma imagem tão comum , ainda nas ilhas e que pela força do progresso em breve apenas será uma memória.


Foto: Filipe Pombo para a Visão
2011, Março
Leiteiro em São Miguel, Açores
Maquina D3X
24-70 Nikon
Edição a P&B no Lightroom
Fica o registo...

Aproveitei a silhueta desfocada do cavalo para destacar a figura humilde do agricultor  com a forte expressão. Editei a imagem para o P&B para criar uma atmosfera mais de acordo a época para o qual a imagem me transportou no imaginário, embora seja uma imagem contemporânea .

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Fast Photo 6

Se existem fast photos, ou fotografias rápidas este género de imagem é um excelente exemplo de que eu considero.

A fotografia de viagem urbana é muito diferente da do mesmo género, mas com paisagens e praias luxuriantes. Ambas com o seu grau de dificuldade,principalmente em locais que passam milhares de fotógrafos, amadores e profissionais, em que o trivial está mais do que registado, cabe ao repórter captar o melhor e diferenciar pelo captar do pormenor, aquilo que escapa ao comum dos olhares.

Não basta colocar linhas direitas e as regras todas no enquadramento, é fundamental arrumar tudo de forma a que a imagem seja um todo, sem impurezas...aoroveitas o melhor das linhas e luz local.

Na fotografia urbana tudo se passa entre paredes, interiores ou exteriores, na rua, para quebrar a monotonia o componente humano é muito importante, bem como o aproveitamento de estruturas existentes e a simbiose de ambos os componentes.

O estar atento deverá ser um os factores mais importantes, o saber esperar pelo momento em que algo ou alguém fará a diferença.

De certo, se não houver azar e o edifício se mantiver intacto, entre alterações da luz solar, os edifícios mantêm-se, qualquer um pode repetir a nossa imagem, nem que seja aproximadamente, mas uma pessoa, um movimento , um detalhe pode tornar aquela imagem irrepetível...

fotografia
Museu de Arte Contemporânea de Barcelona
Jan2013
Fujifilm xe-1 , 18-55mm
imagem fotografada em Raw, processada a preto e branco na camera.







domingo, 20 de janeiro de 2013

Fast Photo 5

Salvador das Gordas, Barcelona, Jan2013

A fotografia de viagem é uma arte poética, criar odes com o que as pessoas que estão no local visitado consideram quotidiano, é ver o que os outros não veêm.

O conhecer os hábitos e os personagens locais é essencial, desviar o olhar do mais comum e descobrir o que há na essência e não só na fachada.
Enquanto reporter o que mais gosto na fotografia de viagem é a possibilidade de conhecer as pessoas nos seus locais e perceber a sua cultura e hábitos.

Também acabo por perceber o que temos de comum e as ligações que desconhecemos.

Salvador, pintor catalão, expunha no mercado de Pi, ontem, em Barcelona neste mercado de artistas, entre os diversos pintores que expunham seus quadro , este particularmente marcava a diferença com um quadros de raparigas gordas a fazer lembrar o nosso pintor português Albino Moura, tão semelhante que acabámos criar um tema de conversa interessante , entre situações engraçadas e curiosas acabámos receber uma dicas úteis.
O que me atraiu nesta fotografia, foi o captar a simpatia de Salvador, o complicado de retratar um retratista, e a mescla de sombras e linhas disformes do fundo criado pelos chapéus de sol todos juntos.

Fotografia: Filipe Pombo com Fuji XE-1 , 18-55mm