sábado, 27 de setembro de 2014

Scooters design em duas rodas

Recentemente entrei no mundo das duas rodas motorizadas, comecei numa Scooter mais pequena e agradável e já ando encartado e com uma 400, já pronto a ter novas experiências com motas de calibre superior.

Yamaha Xmax 400 fotografada com a FujiFilm XE1
Raws revelados em Lightroom.

Dentro do que tenho feito neste blogue, não utilizei as minhas SLR's já que se tratam de cameras que me deixam cansado durante os dias de semana, pelo que esta Fuji é a minha máquina ideal para curtir um pouco a fotografia sem ter de carregar um peso adicional.





Esta sessão foi feita quando adquiri este modelo de Scooter,
 muito bonita , com um design apurado, cores discretas.

A intenção desta sessão, foi aproveitar o seu design, em contraste com o pequeno jardim da minha casa, portanto , fotos caseiras..



Adorei o resultado, embora a marca esteja de parabéns pelo design concebido.

Tenho utilizado sempre a 18-55 de origem da máquina, não tenho sentido necessidade de mais.









Mais recentemente , com a Fuji , aproveitei um test drive que fui convidado e fotografei a Tmax, uma linda scooter, prima mais velha da minha Xmax, mais cara, sofisticada.

Como queria partilhar o test drive com os meus novos companheiros do clube de Motoscooters, e tinha pouco tempo para o fazer em termos de test drive, tive de escolher um local perto de casa.

Sendo uma mota de testes, apresentou-se suja, o que condicionou alguns angulos, mas confesso que gostei de voltar a fotografar motas, dão sempre boas imagens e permitem chegar aos sitios mais facilmente e quanto a serem elas próprias os modelos, funcionam muito bem.

Todas a imagens foram reveladas em Lightroom, e tratadas com reforço da intensidade dos céus no revelador e nunca foram ao photoshop.


O que percebi é que para fotografar motas, o essencial é escolher o cenário de acordo a cor  e curvas das mesmas.

Nestas imagens aproveitei as curvas sinuosas da serra de Sintra, para destacar o design retilíneo da mota e ao mesmo tempo destacar o tipo de estrada em que achei o modelo mais á vontade para se conduzir com prazer.